Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menteconspiradora

Festa Natalicia de mais uma Empresa Portuguesa

Já sabem como isto funciona, ano após ano as empresas, grandes ou pequenas gostam de agradecer aos seus colaboradores todo o trabalho que fizeram durante o ano com uma festa natalícia.
 
A empresa onde trabalho, a maior de Portugal, quer dizer, não a minha a maior, mas é uma das muitas que fazem parte desse colosso nacional das telecomunicações. Como grande empresa que é pensou na melhor maneira de agradecer aos seus colaboradores, afinal de contas uma outra empresa agregada a este colosso teve os GNR para alegrar as massas, bem devem ter gostado de certeza, e nós claro achávamos que teríamos algo também, talvez não os GNR, mas quem sabe outra qualquer coisa, já tivemos o José Cid duas vezes e o maestro Vitorino de almeida acompanhado pelo Carlos Mendes e quem seria que vinha desta vez?
 
Bem desta vez tivemos um jantar a meio da semana, talvez para o pessoal não se esticar na bebida numa de poupar afinal de contas anda por ai uma OPA à empresa mãe e as filhas que se lixem, o problema é que a empresa não existe só em Lisboa e por isso quem vinha de fora estava lixado, Porto, Coimbra, Madeira, Açores, etc, se querem vir, vêm mas nem pensem que lhes damos o dia e não à justificações para atrasos.
 
Ora visto assim, só podia tratar-se de algo que não seria o mais habitual, das outras vezes ou foram sextas à noite ou almoços a um sábado e acabavam já a noite nos piscava o olho e era lá que acabávamos a festa, mas desta vez senhores desta vez não, ora vejam:
 
-- Restaurante em Alcântara, ou melhor, Espaço Lisboa em Alcântara, pois aquilo de restaurante tem pouco, até porque tem pouco de tudo.
 
-- Serviço, uma merda, parecia que éramos um grupo de mendigos a ser servidos por finórios que o faziam por castigo ou por apostas perdidas, só para ver como as coisas são, retiraram a sobremesa da minha frente e a da minha colega do lado apenas porque pousamos a colher para trincar a crosta caramelizada do leite creme.
 
-- Pratos, apenas dois, uma sopa de abóbora (devia de ser os restos dos enfeites do dia das bruxas) e um frango de cabidela, pois o frango estavam tal mal passado que ao cortá-lo esguichava sangue das veias e acho que alguns pedaços de frango chegaram mesmo a cacarejar.
 
-- Bebidas, é assim meus amigos, sempre me ensinaram a duvidar de vinho que se diz de marca ser servido em jarros de vidro, ora se é um vinho bom não está em jarros, certo? Certo, aquilo era vinho do lidl, daqueles pacotes de 5 litros feitos de pó de uva e que se leva a marinar durante 5 horas e está feito, do branco não falo, pois não o bebi, esse vinha em garrafa, mas como já estavam todas abertas, já não digo nada, a água o mesmo, apesar de saber a água del cano não comento.
 
-- Entradas, meus amigos aquilo está mal, acreditem, entradas, que é isso pá, toma lá mas é pão e azeite e tens sorte de não ser pão e água, acho que a única coisa de jeito eram as azeitonas, pronto apanhei uma barrigada de azeitona e já não foi nada mau, esse prato ao menos não mo tiraram da frente.
 
-- Mas o melhor da noite o discurso do presidente, é pá, o microfone não funcionava e o técnico de som era o empregado que percebia tanto daquilo, como um Burro percebe da criação de vacas e plantação de laranjas, mas também nem a servir à mesa se safava por isso o mais certo é eu acabar a descontar para ele estar em casa a coçar a micose e no lugar dele esteja alguém que saiba deitar água num copo sem entornar ou colocar comida no prato e não em cima das pessoas. Como estava a dizer o discurso, despachou aquilo em 5 minutos recebeu os aplausos, disse que foi difícil escolher as prendas para o pessoal e organizar o jantar (sim pois tá bem, se escolher aquela merda foi difícil, da próxima tenta organizar uma coisa de jeito, para veres o que custa) depois dos aplausos toda a gente ficou à espera de algo mais, o nosso presidente volta a pegar no microfone e quando alguns pensam que vão chamar alguém, (até podia ser o Fernando rocha rouco, qualquer coisa) não, lembra-se que não leu o discurso todo, agradece o trabalho de um colaborador que vai para outra empresa filha desta mãe e deseja a todos uma boa noite??????
 
Só isto, são 10 horas e 20 minutos e só isto?
Até um jantar dos sem abrigo demora na boa 4 horas e este teve hora e meia??? Hora e meia??? Isto nem valeu a viajem, as roupas novas que alguns compraram, as mudanças de visual de outros, ouve até quem esfola-se uma raposa para a usar ao pescoço (onde estavam os defensores dos direitos dos animais?) epá uma vergonha mesmo, se não fosse o pessoal que trabalha todo junto e que está sempre tudo na boa com eles aquilo tinha valido tanto como uma ida a um dentista que pratica musculação arrancar os quatro dentes do siso com uma turquês enferrujada e sem anestesia.
 
Da-se!
 
Ps: Senhores empregados de mesa que ganham mais do que eu, mas que não sabem mais do que os outros, eu sei a diferença entre um JB e um Famous, não ando a dormir!
Ps2: Despeçam a Ana Caldeira e com o ordenado que ela ganha deixe lá ficar 6 ou 7 pessoas que trabalham e que sabem o que fazem, pois esta criança é uma anedota e nem as posições de frango assado que toma para dar ideias para um jantar a safam!
 
A luta continua, caldeira para a rua!

Like

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

blogsportugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D