Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

menteconspiradora

As escolhas da UEFA

Hoje andava a passear pelas noticias nesta já Silly Season futebolística de saídas, possíveis Saídas, entradas e possíveis entradas e ridículas noticias sobre as mesmas entradas e saídas de jogadores e treinadores.

Por exemplo a ida do sr 7 milhões que apenas não é despedido por falta de verba do seu clube, vir um dos clubes mais ricos do mundo pagar 15 milhões e livrar o sporting do seu cancro, isto equivale a termos em casa um móvel pesado e estragado em casa e não termos dinheiro para pagar a alguém para ir lá a casa e levar aquilo para o lixo e de repente passa alguém e dá-nos mil Euros pelo móvel!

mas passando ao assunto que nos trás aqui, as escolhas do site da Uefa Português (cá está a razão pelo qual lei-o sempre o inglês), olhando para as escolhas fico a pensar quem é que faz este tipo de listas e com que critérios, é um bocado como o Buffon mesmo na segunda divisão aparecia sempre na lista dos jogadores mais votados da FIFA apenas porque o jornalista de San Marino é viciado no Buffon e dava-lhe sempre o primeiro lugar.

Mas passemos à lista, em primeiro os mais novos, o 11 revelação!

Guarda-redes
Vaná Alves (CD Feirense):
O guarda-redes brasileiro, de 26 anos, passou rapidamente de desconhecido a estrela da Liga portuguesa na época de estreia com várias exibições sensacionais.(ok aparece este ano é uma revelação)

Defesas
Bruno Gaspar (Vitória SC): Formado no Benfica, o lateral-direito tem cimentado o estatuto de um dos mais importantes jogadores vimaranenses. Consistente a defender, perigoso a atacar.(anda à uns anos nisto, teve este ano uma grande época)

Raúl Silva (SC Marítimo): Defesa com mais golos na Liga portuguesa, sete em 29 jogos. Sólido, foi recompensado com a transferência para o SC Braga.(Defesa central com 7 golos, nada mau, melhor que alguns avançados como o Castagnos e o Depoitre)

Roderick Miranda (Rio Ave FC): O defesa-central foi o mais utilizado pelos vila-condenses, 33 jogos e 2970 minutos, apontou três golos e fez duas assistências. Excelente época.(titular indiscutível do Rio Ave (sabe-se lá como) mas fez uma época regular, nada de mais comparado com outras estreias ou jogadores com menos de 23 anos)

Rafa Soares (Rio Ave FC): Emprestado pelo FC Porto, o lateral de 22 anos esteve em alta no Rio Ave, em especial a atacar: três golos, quatro assistências e promessa de futuro brilhante. (no comments, só corre em frente, Rebocho por exemplo fez uma grande época)

Médios
Cauê (Moreirense FC):
Jogador de campo com mais minutos no Moreirense (2903), Cauê é um médio-defensivo de grande capacidade física e que também sabe atacar – fez dois golos. (aceita-se ganhou uma taça da liga num campeonato de aflitos acabou por ser uma mais valia)

Fábio Martins (GD Chaves): O médio-esquerdo, emprestado pelo Braga, fez uma época de grande nível, em especial pela técnica e pelos golos bonitos que marcou – fez seis e juntou-lhe duas assistências.(boa estreia na liga e fez muita falta ao braga)

Filip Krovinović (Rio Ave FC): Organizador de jogo por excelência. Técnica apurada, visão de jogo e grande capacidade de passe – média de 87,5 por cento de passes certos –, fez cinco golos e duas assistências.(uma excelente época e está aqui um bom jogador)

Daniel Podence (Moreirense FC/Sporting CP): Estava a ser o melhor do Moreirense até ser resgatado pelo Sporting, em Janeiro. Quatro golos, duas assistências e futebol virtuoso e muito técnico.(estar aqui por ter jogado meia época é injusto, Yuri medeiros merecia muito mais pela grande época que fez)

Avançados
André Silva (FC Porto):
Começou a temporada como principal estrela do ataque do Porto, mas foi perdendo fulgor. Ainda assim, o futuro do ataque de Portugal – pelo qual se estreou em Setembro –, mostrou talento e acabou com 16 golos e cinco assistências.(é o menino lindo do porto neste momento, falar mal dele dá direito a espancamento publico, mesmo que esteja aqui mais um gonçalo paciência ou Hugo Almeida) 

Welthon (FC Paços de Ferreira): O brasileiro de 24 anos foi responsável por 34 por cento dos golos da equipa – fez 11 – e ainda registou cinco assistências. (para mim o extremo do Tondela Murillo, ou o avançado do Braga Rui Fonte mereciam mais do que ele, foi o melhor marcador da equipa, mas foi mais os jogos que andou desaparecido que os que mostrou serviço)

Aqui não escolheram mas o Treinador revelação para mim há um empate, entre o do Maritimo e do Feirense, grande época para ambos, sendo eles substitutos das nódoas que começaram a época!

E agora os grande os mais velhos

Guarda-redes
Iker Casillas (FC Porto)
O experiente espanhol teve uma época em cheio nos "dragões". Viveu um ano imaculado, sem erros, com muita regularidade e segurança. Realizou algumas exibições de grande nível, em especial nos "clássicos" frente a Sporting e Benfica.(epá porquê casillas? para quê isto aqui, fez uma época assim tão boa? 3 jogos não são uma época, mas percebo a escolha, foi regular)

Defesas
Nélson Semedo (SL Benfica)
A época passada marcou o surgimento do jovem lateral-direito, interrompido por uma lesão prolongada, mas em 2016/17 assumiu a titularidade e nunca mais a largou. Com grande preponderância na ala direita do Benfica, graças à sua velocidade e capacidade de drible, fez um golo e seis assistências em 31 jogos.

 

Felipe (FC Porto)
Duro
, mas leal, o defesa-central brasileiro do Porto teve uma época de estreia de grande nível. Marcou dois golos, mas foi lá atrás que contribuiu decisivamente para a enorme consistência dos "dragões", surpreendentemente ultrapassados no capítulo da melhor defesa pelo Benfica na última jornada.(o jogador com mais amarelos perdoados alguns desses perdões dariam dois amarelos no mesmo jogo, mas já é o normal só vêm os grandes a jogar (aqui é que merecia estar o do Maritimo)

Victor Lindelöf (SL Benfica)
O jovem defesa-central sueco beneficiou da parceria, e também da boa época, do experiente Luisão. Foi crescendo em qualidade e marcou um golo ao Sporting, no empate 1-1 no derby do Estádio José Alvalade, importante na caminhada do Benfica rumo à conquista do "tetra". Foi o mais utilizado do Benfica na Liga, com 2880 minutos.

 Alex Telles (FC Porto)

Chegou a Portugal praticamente desconhecido e discutiu o lugar com Miguel Layún (melhor dos portistas em 2015/16) na luta pela lateral-esquerda. No entanto, cedo mostrou enorme qualidade e nunca deixou de ser titular. Foi um dos melhores dos "dragões" em toda a temporada, com oito assistências e uma média de quase dois passes para ocasião de golo por partida. Inteligente a subir e sólido a defender e a recuperar posição. (não está aqui o Grimaldo porque não fez a época toda assim como Eliseu, por isso aceita-se, mais uma vez foi o que fez mais jogos)

Médios
Danilo Pereira (FC Porto)
O internacional português manteve a bitola da época passada. Foi um verdadeiro esteio na formação de Nuno Espírito Santo, na coesão defensiva no "miolo", mas também no ataque, tendo marcado quatro golos e feito uma assistência. Médio-defensivo fundamental nos "dragões", exímio na recuperação de bola. (mais uma escolha só se for por ter jogado sempre)

Pizzi (SL Benfica)
Mais uma época fantástica para o médio benfiquista. Foi o "maestro" da equipa rumo ao título, a desenhar as jogadas de ataque, a defender, a coordenar toda a acção colectiva. Grande parte do jogo passou por ele, e sempre com qualidade. Foi o segundo mais utilizado do plantel, com 2848 minutos, e o terceiro melhor marcador, com dez golos. Somou ainda oito assistências. (apesar de tão criticado a época toda, fez quase todos os jogos, marcando 10 golos e com umas quantas assistências.

 

Gelson Martins (Sporting CP)
Excelente época do extremo-direito do Sporting. O internacional português agarrou o lugar após a saída de João Mário no arranque da temporada e foi um dos melhores do "leão", com velocidade, drible, técnica e inteligência nas decisões. Fez seis golos e foi uma fonte de assistências para os colegas de equipa, com nove no total. (se o sporting perde este será complicado municiar o Dost)

Avançados
Francisco Soares (Vitória SC/FC Porto)
O ataque do Porto estava aquém das expectativas, pelo que o clube recorreu a "Tiquinho" Soares, então atacante do Vitória SC. O brasileiro, de 26 anos, chegou ao Dragão com sete golos na Liga, em Janeiro, mas somou mais 12 até final, incluindo um bis ao Sporting. Terminou como segundo melhor marcador do campeonato. Excelente na ocupação dos espaços e no aproveitamento dos lances pelo ar. (nos jogos que valiam campeonatos, contra as pequenas mostrou que não é jogador, contra o Tondela devia ter sido expulso e acaba por expulsar o defesa, aqui deviam de estar os jogadores que realmente o mereciam, os municiadores do ataque, Cervi, Brahimi, Gil Dias, por exemplo) 

Kostas Mitroglou (SL Benfica)
Terceiro goleador da Liga portuguesa, com 16 tentos, não foi tão regular a facturar como na época anterior, mas revelou-se importante na formação de Rui Vitória em momentos cruciais, especialmente durante a ausência de Jonas, devido a lesão, em boa parte da temporada. Oportuno como poucos na grande área contrária.(nada a dizer, melhor marcador da equipa que acaba campeã nacional, sendo o golo ao braga o seu maior momento)

Bas Dost (Sporting CP)
Os números do holandês falam por si. Na primeira temporada no Sporting, onde chegou para substituir Islam Slimani, Dost fez 34 golos (metade dos tentos da equipa na competição), quatro assistências e esteve até às últimas jornadas a lutar com Lionel Messi pela Bota de Ouro ESM. Imparável no jogo aéreo, mostrou também qualidade com os pés e um excelente sentido de oportunidade. (merecido, bem municiado pelo Gelson acabou por passar a barreira dos 30 golos, nada a dizer)

 

Melhor treinador: Rui Vitória (se fosse o Rui Santos aqui estaria o JJ ou o NES)

 

 

Like

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

blogsportugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D