Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menteconspiradora

O triunfo dos porcos ou o medo da mudança?

Ontem aconteceu o esperado e o inesperado, depois de uma reunião entre PS e BE a bolsa em portugal começou a cair, o medo de um governo de esquerda está a deixar os ricos impacientes, depois de tantos anos a ganhar com estes governos de pobres mais pobres e de ricos mais ricos o cheiro da mudança está a deixar esta gente com medo.

Qual a pior coisa que pode acontecer com uma coligação de forças à esquerda?

Saída do Euro? Não pagamos Troikas? Reposição dos ordenados roubados e das pensões? Acabar com a precariedade em portugal e com a fuga de trabalho especializado para o estrangeiro? Contratação de médicos portugueses para os nossos hospitais mesmo que sejam formados em faculdades estrangeiras? Acabar com as offshore? levantamento do sigilo bancário para saber afinal o dinheiro que os gajos que nunca descontaram na vida têm? Acabar com os falsos ordenados mínimos, onde se declara uma coisa e se tem regalias por essa mesma declaração e depois ganham o dobro ou o triplo ou muito mais do que se possa imaginar?

A maioria disto nunca irá acontecer são ideias utópicas, a saída do Euro seria um bom ato de gestão, mas seria complicado para já e iria requerer mais sacrifícios e disso estamos fartos.

 

Não sei o que pode acontecer a única coisa que sei é isto, se o novo governo for a coligação psd/cds quanto tempo vai durar? É que a maioria em portugal votou à esquerda, votou na mudança, apesar do medo que a esquerda gera em muita gente, esta esquerda não é a de Lenine e Estaline, é uma esquerda nova, renovada com apenas um ideal, igualdade, não existe igualdade quando os ricos são cada vez mais ricos devido ás margens, redução de margens, e como se reduz margens, são cada vez menos a fazer o trabalho que antes era de muitos, isso não é igualdade.

Igualdade é o trabalhador ter um ordenado justo, que lhe permita pagar as contas, e ainda sobrar para investir ou poupar e ao mesmo ter ter ainda para revitalizar a nossa economia consumindo, parece uma utopia mas não o é, bastava em portugal o ordenado mínimo passar a ser de 750€ e a economia portuguesa tinha tudo a ganhar com isso, passava a haver mais poder de compra, mais consumo, porque é que isso mete tanto medo aos senhor da bolsa? Porque isso reduz margens, isso reduz os seus lucros, querem voltar a subir margens? baixem nos ordenados dos gestores, criem a regra do 10x, ou seja, o ordenado de um gestor tem de ser no máximo até 10x o ordenado mínimo! isso sim era justiça.

Medo do quê, que venha a mudança!

images (5).jpg

 

Que eu estou pronto para construir os meus moinhos! 

 

Like

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

blogsportugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D