Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

menteconspiradora

Um desporto violento?

Não, não vou falar de futebol, vou antes falar de um outro desporto que gosto, os de combate, sejam de que forma forem, Boxe, Wrestling, MMA, K1, Vale Tudo, Karaté, Luta Livre, Judo, Etc.

 Desportos de combate são o desporto mais antigo, desde os primórdios da terra que tudo é uma luta, a selecção natural a ordem dos mais fortes, até os animais o fazem, porque haveriam os humanos de ser diferentes?

Dai a transformar isso num negócio foi um passo, e hoje é um negócio de milhões, mas com regras e respeito pelo ser humano, antes e durante são todos inimigos, depois lambem as feridas e partem para outra, é esse o ciclo de quem se inicia neste mundo até ao dia em que se reformam, até ao dia em que passam a ficar em casa a viver a velhice com as mazelas que ganharam ao longo de uma vida de excessos.

 Mas como se sabe nem todos chegam a velhos, na segunda feira um jovem de 28 anos não chegará também, não verá os filhos crescer, não estará presente em muitos momentos deles, gostaria de lá estar, mas não estará.

Muitos procuram culpados, acusam o árbitro, os treinadores o desporto em si, porquê? porque não o entendem ou compreendem. Há programas diários a falar sobre o mesmo assunto, com convidados que nada percebem e nem todos os dados têm disponíveis e mesmo assim falam palavras feias como, Homicídio,  Assassinato, Assassinos,.

Não vou aqui discutir, porque fazê-lo seria uma perda de tempo, digo apenas:

Quantos faleceram a jogar Futebol?

Quantos faleceram a jogar Rugby?

Quantos faleceram a praticar Wrestilng?

Quantos faleceram a pilotar um formula 1?

Quantos faleceram a participar no Dakar? 

E de todos os praticantes de modalidades desportivas, ficaram com mazelas para a vida?

A resposta a todas é: Muitos, Muitos atletas de alta competição e amadores faleceram nas mais variadas modalidades, muitas a fazer aquilo que gostavam, não é bonito, ninguém gosta de ver, mas é o que acontece, em todos os desportos a morte está sempre à espreita, seja uma paragem cardíaca, seja um acidente brutal, seja um tufo de relva no meio do deserto, seja uma bola de basebol mal atirada.

Todos os desportos têm o seu quê de perigoso, mas e depois, é por isso que deixaremos de o praticar, por termos medo de morrer?

Muitos dos jovens que seguem carreira no desporto, vêm de bairros pobres, vivem vidas problemáticas, drogas, álcool, tudo ali ao virar da esquina, a escola é um passatempo que têm de fazer até ao 12º ano, outros nem tão longe chegam e definham em técnico profissionais, ou pior, a saída para uma vida condigna muitas vezes é fazer aquilo que sabem, desporto, a única coisa em que realmente se aplicam, em que se entregam de corpo e alma, vamos retirar-lhes isso apenas porque um jovem faleceu? 

Não, mas é claro que não, aconteceu é lamentável que assim tenha sido, mas este jovem lutou por aquela oportunidade, estaria concretiza preparado para o combate e teria um grande futuro à sua frente, mas aqui não existiu homicídio, nem assassinato, nem negligência do árbitro, nem excesso de violência do adversário, existiu sim um momento terrível de azar para todos eles, o que faleceu e os que sobreviveram a isso, pois aquele momento marcará para sempre as suas carreiras, as suas mentes, porque nada do que fizeram foi ilegal, mas aconteceu.

A toda a família e amigos do João "Rafeiro" Carvalho os meus sentidos sentimentos!

 

PS:A hora que escrevo este post ainda decorre a investigação sobre o falecimento do nosso João Carvalho, uma coisa é certa, haverá um antes João Carvalho e um depois joão Carvalho no MMA, isso é certo!

 

 

images (10).jpg

 

Like

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

blogsportugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D