Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menteconspiradora

Qual é afinal o material mais resistente e indestrutível de todos?

Milhões e milhões gastos na investigação, séculos e séculos depois a humanidade chega agora a uma conclusão, o material mais resistente e indestrutível de todos é......

Não, não é o aço, isso é para meninos, também é o diamante, não.

O material mais resistente e indestrutível de todos é... o PAPEL... isso mesmo, leram bem, o PAPEL.

Mais principalmente o papel com que são feitos os passaportes, senão reparem:

No 11 de Setembro de 2001 não sobra nenhuma parte da fuselagem do "primeiro avião", supostamente o material da fuselagem teria derretido com as chamas desaparecendo, mas o passaporte de um dos terroristas teria sobrado, resistido a todo aquele fogo que derreteu a fuselagem de um avião, as caixas negras e a estrutura do próprio arranha céus. 

Agora, em Paris durante as violentas explosões que mataram mais de uma centena de pessoas, incluindo os próprios bombistas suicidas foi encontrado no meio de toda aquela destruição, um passaporte, intacto, imaculado que resistiu a tudo, a fogo, chamas e explosões.

Só temos a concluir então que o Papel com que é feito os passaportes já devia de estar a ser usado também para fazer, fuselagens de aviões, estruturas de arranha céus, coletes à prova de bala, ou mesmo fatos de corpo inteiro para protecção da policia de minas e armadilhas, pois honestamente é super resistente e acima de tudo indestrutível.

Por isso afirmo aqui que o PAPEL é sem duvida Indestrutível!

Viva o PAPEL!!

 

passaporte.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogsportugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub